Preço médio da gasolina nos EUA ultrapassa US$ 5, o maior da história americana

O preço médio da gasolina ultrapassou US$ 5 o galão em todo o país no sábado, 11 de junho, de acordo com os últimos dados de preços da AAA; não há sinais de desaceleração.

A média nacional para um galão (3.7 litros) de gasolina regular é agora de US$ 5, o que é quase dois dólares mais caro do que há um ano, e 20 estados atingiram o limite de US$ 5. Os motoristas na Califórnia estão vendo a média mais alta, US$ 6,43, o que é US$ 2,21 a mais por galão do que há um ano.

A economia é a principal preocupação do americano hoje de acordo com diversos levantamentos.

Pesquisa Morning Consult de 8 de junho mostrou o pior resultado na popularidade do presidente Joe Biden.

A pesquisa revelou que 58% dos entrevistados desaprovam o desempenho de Biden como presidente, enquanto 39% dos entrevistados aprovam.

Oitenta por cento dos entrevistados republicanos desaprovam fortemente o trabalho que Biden está fazendo como presidente, enquanto apenas 37% dos entrevistados democratas aprovam fortemente sua gestão.

A inflação, que bateu novo recorde, segundo dados oficiais divulgados na sexta-feira, 10 de junho, é a maior dos últimos 40 anos, subindo 0,3% em comparação com o mês anterior e alcançando agora 8,6%.

Musk tem “sentimento super ruim” sobre a economia americana

Um e-mail com o título“pausar todas as contratações em todo o mundo” foi enviado a executivos da Tesla pelo CEO Elon Musk, informou a Reuters na quinta-feira, 2 de junho. CEO do JPMorgan já falou em “furacão econômico”.

No e-mail, Elon Musk disse que tinha um “sentimento super ruim” sobre a economia e que o número de funcionários precisava ser reduzido em 10%, de acordo com a agência. A Tesla empregava cerca de 100.000 pessoas no final de 2021, de acordo com dados da SEC

LEIA TAMBÉM

Leia também