Maior fabricante de microchip dos EUA é atacada por hackers

A Nvidia, maior fabricante de microchips dos EUA, sofreu um ciberataque de grandes proporções deixando parte de suas operações completamente offline por dois dias, revela jornal.

A suspeita de invasão ocorre em meio à guerra cibernética – e bélica- russa contra a Ucrânia e aumentou as preocupações de segurança sobre ataques ao Ocidente em retaliação às sanções contra a Rússia.

Ainda não há evidências ligando o ataque contra a Nvidia ao conflito no leste europeu.

Um porta-voz da Nvidia disse: “Estamos investigando um incidente. Não temos nenhuma informação adicional para compartilhar no momento.”

À medida que a Rússia lança uma onda de ataques contra a Ucrânia, o Departamento de Segurança Interna dos EUA (DHS) emitiu um alerta para empresas e indivíduos americanos a reforçar suas resiliências físicas e cibernéticas.

O presidente Joe Biden também apontou o DHS como a agência federal responsável para liderar p monitoramento e a resposta contra eventuais ameaças russas em solo americano, conforme reportou o Direto da América.

LEIA TAMBÉM

Leia também