Ketanji Jackson toma posse como nova Juíza da Suprema Corte dos EUA

Ketanji Brown Jackson, 51, foi empossada como o 116º Justice da Suprema Corte dos EUA nesta quinta-feira, 30 de junho, assim que o Juiz que ela está substituindo, Stephen Breyer, se aposenta.

A cerimônia ocorreu ao meio-dia da costa leste, no momento em que Breyer disse em uma carta ao presidente Joe Biden na quarta-feira que sua aposentadoria entra em vigor após quase 28 anos ocupando uma cadeira na mais alta corte do país.

Jackson, juíza federal desde 2013, será a primeira mulher negra a servir como juíza na Suprema Corte americana. Ela se juntará a três mulheres, as juízas Sonia Sotomayor, Elena Kagan e Amy Coney Barrett – a primeira vez que quatro mulheres servirão juntas no tribunal de nove membros.

Biden nomeou Jackson em fevereiro de 2022, um mês depois que Breyer, 83, anunciou que se aposentaria no final do ano judiciário da Suprema Corte, em 30 de junho.

Na ocasião Biden não queria que a substituta de Breyer fosse de origem latina, asiática, muçulmana ou uma americana branca.

“A pessoa que nomeio para substituir o juiz Breyer será alguém com qualificações extraordinária. Caráter, experiência e conhecimento. E elX (they) será a primeira mulher negra nomeada para a Suprema Corte dos Estados Unidos.”

No tweet, Biden fez questão de usar gênero neutro (they) apesar de ter confirmado que a indicada seria uma mulher.

Quando perguntada pela senadora Marsha Blackburn (R-TENNESSEE), durante sabatina no Senado, se ela poderia expressar a definição da palavra ‘mulher’, Jackson disse que não poderia pois não é uma bióloga.

DDDDDDD

LEIA TAMBÉM

Leia também