Homem é indiciado por tentativa de homicídio de Kavanaugh após ser preso armado próximo da residência do juiz

Um homem armado foi preso perto da casa do juiz conservador da Suprema Corte Brett Kavanaugh em Maryland depois de fazer ameaças contra o juiz, de acordo com a Suprema Corte.

O homem, que ja havia ameaçado Kavanaugh anteriormente, estava carregando uma arma de fogo, pé de cabra, fitas de lacre. O extremista achou o endereço do juiz na internet, segundo informações da polícia.

“O homem estava armado e fez ameaças contra o juiz Kavanaugh”, disse a porta-voz Patricia McCabe. “Ele foi transportado para o 2º Distrito da Polícia do Condado de Montgomery.”, disse a comunicação da Suprema Corte.

Uma denúncia anônima foi feita à polícia sobre a ameaça contra Kavanaugh, segundo o The Washington Post.

O homem foi pego em uma rua perto da residência de Kavanaugh no condado de Montgomery à 1:50 EST. Ele não chegou a entrar na propriedade de Kavanaugh, segundo o jornal.

O Washington Post informou que as evidências iniciais sugerem que o homem estava irritado com os recentes tiroteios em massa e com o rascunho de opinião vazado recentemente indicando que a Suprema Corte derrubaria Roe v. Wade.

Um memorando do Departamento de Segurança Interna (DHS) de 13 de maio obtido pela Axios revelou que o governo está investigando ameaças aos juízes, funcionários, igrejas e clínicas de aborto.

Essas ameaças “provavelmente persistirão e podem aumentar até e após a emissão da decisão oficial do Tribunal”, disse o memorando.

A divulgação oficial da opinião é esperada para este mês ou início de julho.

LEIA TAMBÉM

Leia também