FED eleva taxa de juros para combater pior inflação desde 1970 e sinaliza mais aumentos até fim do ano

O Federal Reserve anunciou na quarta-feira, 16 de março, a elevação da taxa básica de juros de curto prazo e sinalizando até sete aumentos de taxa este ano para tentar controlar a pior inflação nos EUA desde a década de 1970.

A alta de 0,25 p.p. na taxa de juros, que estava perto de zero até antes da pandemia, marca o início dos esforços para conter a alta inflação que hoje aflige o americano. Os aumentos da taxa significa que empréstimos ficarão mais caros para muitos consumidores e empresas.

Este é o primeiro aumento na taxa em três anos.

Os formuladores de políticas do banco central esperam que a inflação permaneça elevada, encerrando 2022 em 4,3%, de acordo com projeções trimestrais atualizadas divulgadas na quarta-feira. Isso está muito acima da meta anual de 2% do Fed.

As autoridades também preveem um crescimento econômico muito mais lento este ano, de 2,8%, abaixo da estimativa de 4% em dezembro.

- PUBLICIDADE -

ÚLTIMAS