Aprovação de Biden cai para 33%; só 2% acham que economia está excelente: QUINNIPIAC

A aprovação ao trabalho do presidente Joe Biden caiu novamente em pesquisa divulgada nesta quarta-feira (12) pela Quinnipiac University e alcança o menor patamar já registrado pelo instituto desde o início de seu mandato há menos de um ano.

Mais da metade dos adultos americanos (53%) desaprova o trabalho que o presidente está fazendo, enquanto 13% disseram aos pesquisadores que não poderiam opinar.

O índice de desaprovação do presidente na pesquisa aumentou 17 pontos percentuais em relação aos 36 por cento de 3 de fevereiro.

Quase metade (49%) diz que o presidente está fazendo mais para dividir o país, enquanto apenas 42% disseram que o democrata está trabalhando para uni-lo – promessa não cumprida até o momento.

Quando perguntados sobre qual partido eles gostariam de ter a maioria no Senado, 45% escolheram republicanos, enquanto 41% preferem democratas.

Mais de dois terços dos republicanos (69%) dizem que querem que Trump concorra novamente, abaixo dos 78% que expressaram apoio em outubro.

A maioria dos americanos (54%) acha que a economia do país está piorando, 30% dizem que está se mantendo na mesma e 15% dizem que está melhorando.

LEIA: Inflação nos EUA alcança 7% em dezembro, a maior em décadas

Quanto ao estado atual da economia, 28% dizem que está excelente (2%) ou bom (26%), enquanto 70% dizem que não é tão bom (35%) ou ruim (35%).

Aprovação por área

  • ECONOMIA: 34% aprovam; 57% desaprovam;
  • POLÍTICA EXTERNA: 35% aprovam; 54% desaprovam;
  • RESPOSTA AO COVID: 39% aprovam; 55% desaprovam.

LEIA: Economia é a prioridade dos americanos, não a pandemia

ÚLTIMAS