Organizadora de manifestação de caminhoneiros tem fiança negada no Canadá

Tamara Lich, líder e organizadora do Freedom Convoy, uma manifestação pacífica de caminhoneiros canadenses, teve a fiança negada por um juiz de Ottawa na manhã de terça-feira (22), de acordo com jornalista; Lich queria ser solta com uma fiança US$ 5.000.

A preocupação do juiz é que ela volte a liderar protestos no país.

“Existe um risco substancial de você continuar com essas ações e não cumprir a ordem”, disse o juiz a Lich. “Sua história recente em nossa cidade… me convence que sua detenção é necessária para a segurança e proteção do público.”

Lich foi presa há cinco dias em Ottawa por liderar protesto por liberdade e contra a obrigatoriedade de vacinação impostas pelo governo Trudeau.

Ela deve comparecer novamente ao tribunal em 2 de março.

LEIA TAMBÉM

Leia também