EUA ordenam evacuação de familiares de corpo diplomático na Ucrânia; 10 toneladas de ‘ajuda letal’ americana chegam ao país

Departamento de Estado ordena que famílias de funcionários da embaixada dos EUA na Ucrânia comecem a evacuar o país já na segunda-feira, disseram autoridades dos EUA em meio ao desembarque de dez toneladas de ‘ajuda letal’ americana em Kiev.

Na próxima semana, o Departamento de Estado também deve pedir que cidadãos americanos comecem a deixar a Ucrânia por voos comerciais, “enquanto ainda estiverem disponíveis”, disse uma fonte do Departamento de Estado à Fox News.

Na sexta-feira (21) a embaixada americana na Ucrânia anunciou o envio do primeiro carregamento de ajuda letal dos EUA para a Ucrânia. Funcionários do governo também disseram à emissora que mísseis antitanque Javelin devem chegar no início da próxima semana dos estados bálticos e dos estoques militares dos EUA.

LEIA TAMBÉM: Após declarações de Biden, Rússia inicia exercícios com 140 navios de guerra e 10 mil soldados

Segundo a embaixada, a ajuda é composta por 200 mil libras (10 toneladas) do que o Departamento de Estado está chamando de ajuda letal necessária para os soldados ucranianos nas linhas de frente.

“Acelerei, autorizei e endossamos totalmente as transferências de equipamentos defensivos que aliados da OTAN estão fornecendo à Ucrânia para fortalecer sua capacidade de se defender contra a agressão não provocada e irresponsável da Rússia”, disse o secretário de Estado americano, Antony Blinken na sexta-feira (21).

- PUBLICIDADE -

ÚLTIMAS