Biden anuncia envio de mais tropas para o Báltico e lista “primeira leva” de sanções contra Rússia

O presidente Joe Biden apresentou em pronunciamento na tarde terça-feira (22) o que chamou de “primeira parcela” das sanções dos EUA contra a Rússia por seus movimentos, incluindo duas instituições financeiras, a dívida soberana russa e – a partir de quarta-feira – as elites russas e seus familiares.

As movimentações de tropas incluem o envio de 800 soldados de infantaria para a região do Báltico e até oito caças F-35 para vários locais de operação ao longo do flanco leste da OTAN, segundo a Reuters.

Além disso, os Estados Unidos enviarão 32 helicópteros de ataque AH-64 Apache para a região do Báltico e para a Polônia a partir de locais na Europa.

“Quem, em nome do Senhor, Putin acha que lhe dá o direito de declarar novos países em território que pertence a seus vizinhos? Isso é uma violação flagrante do direito internacional e exige uma resposta firme da comunidade internacional”, disse Biden.

Biden observou também que o governo russo estava transportando suprimentos de sangue junto com tropas e navios perto da fronteira com a Ucrânia, argumentando que era um sinal claro de que os russos pretendem iniciar uma guerra na Ucrânia.

“Você não precisa de sangue a menos que planeje iniciar uma guerra”, disse o presidente Biden sobre a Rússia estocando suprimentos de sangue na fronteira ucraniana.

Durante pronunciamento, Biden alertou americanos para o que muitos já temiam: novos aumentos no custo dos combustíveis nos EUA com um possível conflito militar de proporções ainda desconhecidas na Europa.

Desde a posse do democrata em janeiro de 2021, o preço da gasolina já subiu 60% na média nacional e se tornou uma das questões mais importantes para o americano que vai às urnas em novembro deste ano para as eleições de meio de mandato, que podem devolver o controle do Congresso aos republicanos.

Duma autoriza Putin a usar força. Parlamentares russos autorizaram na terça-feira (22) o presidente Vladimir Putin a usar força militar fora do país – uma medida que pode pressagiar um ataque mais amplo à Ucrânia depois que os EUA disse que uma invasão já estava em andamento pelo leste da Ucrânia, conforme noticiou anteriormente o Direto da América.

Nordstream 2 bloqueado. A Alemanha disse na terça-feira que interrompeu os movimentos para abrir o gasoduto Nord Stream 2 entre a Rússia e a Europa. A União Europeia está impondo sanções à maioria dos membros da Duma e concordou em proibir a compra de títulos do governo russo, além de proibir o comércio de novas dívidas russas nos mercados de títulos da UE.

“Ucrânia não tem direito à soberania”. O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, disse nesta terça-feira (22) que a Ucrânia não tem direito à soberania.

Lavrov disse que o direito à soberania deve ser respeitado apenas em relação aos estados que representam todo o povo que vive em seu território, a Ucrânia não é um deles desde 2014, disse o ministro das Relações Exteriores Sergey Lavrov ao canal de TV Rossiya 24, de acordo com a Interfax.

“Acho que ninguém pode argumentar que o regime ucraniano, a partir do golpe de Estado de 2014, representa todo o povo que vive no território do Estado ucraniano”, acrescentou o ministro.

Zelensky vulnerável. O governo Biden sugeriu ao presidente ucraniano Volodymyr Zelensky sair de Kiev e se deslocar para Lviv, no oeste da Ucrânia, informa a ABC.

Duas fontes disseram à emissora que o governo Biden vê o líder ucraniano como “cada vez mais vulnerável”.


– ATUALIZADO em 22/02/2022 às 4h28 pm EST com detalhamento sobre a movimentação de tropas americanas no Báltico.

LEIA TAMBÉM

Leia também