Youngkin assina 11 ordens executivas em seu primeiro dia como governador da Virgínia

As primeiras ordens executivas do governador republicano Glenn Youngkin – empossado no sábado (15) – incluem o fim da obrigatoriedade de vacina para funcionários do estado, o fim da obrigatoriedade de máscara nas escolas e o fim do ensino de Critical Race Theory. Youngkin também anunciou uma investigação no condado de Loudoun, onde pais de alunos foram classificados como terroristas domésticos.

Outra ordem executiva retira o estado da Virgínia da Iniciativa Regional de Gases de Efeito Estufa, um programa com estados vizinhos que supostamente visa reduzir a poluição por carbono.

FOTO: Governo da Virgínia

A republicana Winsome Sears, nascida na Jamaica, também se tornou a primeira mulher e primeira negra, primeira veterana e primeira imigrante a se tornar vice-governadora da Virgínia. Sears foi fuzileira naval (U.S. Marine Corps).

FOTO: Gabinete da vice-governadora da Virgínia

A posição de vice-governadora, o único gabinete estadual que funciona meio período, é visto como um trampolim para a Mansão Executiva (do governador). O ex-governador Ralph Northam (D) e dois ex-governadores da Virgínia, senador Tim Kaine (D) e Douglas Wilder, serviram como vice-governadores antes de assumirem o cargo mais alto do estado.

As atribuições oficiais da vice-governadora da Virgínia será a de presidir o Senado estadual de 40 membros e suceder o governador se ele deixar o cargo antes do término do mandato.

- PUBLICIDADE -

ÚLTIMAS