Suprema Corte de NY derruba obrigatoriedade de máscaras no estado

Juiz da Suprema Corte de Nova York derrubou na segunda-feira (24) a obrigatoriedade no uso de máscara imposta pela governadora democrata Kathy Hochul para escolas e locais públicos no estado.

“Não há dúvida de que todas as pessoas neste estado desejam, desejam e rezam para que esta era do COVID termine em breve e certamente farão sua parte para que isso seja realizado”, disse o juiz Thomas Rademaker na decisão. “No entanto, a promulgação de qualquer lei para esse fim é confiada exclusivamente ao Legislativo Estadual. Embora as intenções do comissário Bassett e da governadora Hochul pareçam estar bem direcionadas para fazer o que eles acreditam ser certo para proteger os cidadãos do estado de Nova York, eles devem levar seu caso à legislatura estadual”.

A ordem que obriga o uso de máscaras da governadora Hochul é “violadora da Lei de Procedimento Administrativo do Estado conforme promulgada e, portanto, nula, sem efeito e inexequível por uma questão de lei”, escreveu o juiz, acrescentando que também era “violadora da Lei de Saúde Pública conforme promulgada e, portanto, nula, sem efeito e inexequível por uma questão de direito”.

- PUBLICIDADE -

ÚLTIMAS