Biden barra novas licenças para prospecção de petróleo e gás no Alasca e Golfo do México

O governo Biden cancelou na quarta-feira, 11 de maio, uma das mais importantes oportunidades de concessão de licença de exploração de petróleo e gás pendentes no Departamento do Interior. A decisão, que interrompe o potencial de exploração de petróleo em mais de 1 milhão de acres em Cook Inlet, no Alasca, ocorre em um momento político caótico para o democrata, com a mais alta inflação das últimas quatro décadas, preço da gasolina nas alturas e popularidade baixíssima.

Um porta-voz do Departamento do Interior citou uma “falta de interesse da indústria em explorar na área” pela decisão de “não avançar” com a concessão de Cook Inlet, segundo a CBS News. O porta-voz também disse que o departamento cancelou as concessões do Golfo do México – concessão 259 e concessão 261 – devido a “decisões judiciais conflitantes que impactaram o trabalho nessas concessões propostas”.

Os preços médios da gasolina nos EUA atingiram novos recordes nos últimos dias, de acordo com a calculadora de preços da gasolina da AAA. O custo médio nacional da gasolina comum atingiu US$ 4,37 na terça-feira, 10 de maio, um novo recorde, e US$ 4,40 na quarta-feira, 11, outro recorde.

Na Califórnia, o valor médio do galão da gasolina já alcançou US$ 5.84.

Para referência, apenas um ano atrás , a média nacional, segundo a AAA, era de US$ 2.98. No Texas, o galão da gasolina estava em US$ 2,70 há um ano, agora está em US$ 4,09.

A Casa Branca disse em abril que retomaria concessões para exploração de petróleo e gás em terras federais, mas com uma grande redução no número de acres oferecidos e um aumento nos royalties que as empresas deveriam pagar para perfurar.

O Departamento do Interior anunciou que divulgaria um aviso de concessão para perfurar 144.000 acres de terras do governo – 80% menos do que o que estava sendo avaliado inicialmente para possível concessão.

- PUBLICIDADE -

ÚLTIMAS