Trump promete invocar lei usada na II Guerra Mundial para deportar ilegais dos EUA

Trump diz que se reeleito vai invocar “imediatamente” lei federal que concede a si mesmo poder unilateral de deter e deportar não-cidadãos nos Estados Unidos com mais de 14 anos de idade.

“Vou… invocar imediatamente a ‘Lei dos Inimigos Estrangeiros’ para remover todos os membros de gangues conhecidos ou suspeitos… os traficantes de drogas, os membros do cartel de dentro dos Estados Unidos, acabando de uma vez por todas com o flagelo da violência ilegal de gangues estrangeiras”, disse Trump

A lei de 1798 diz que um presidente pode dar a ordem para que não-cidadãos “sejam apreendidos, restringidos e removidos como inimigos estrangeiros” quando ele “faz uma proclamação pública” de que uma “invasão ou incursão predatória é perpetrada, tentada ou ameaçada contra o país ou território dos Estados Unidos por qualquer nação estrangeira”.

A lei foi invocada no passado pelo presidente democrata Franklin Delano Roosevelt, durante a Segunda Guerra Mundial, para expulsar alemães, japoneses e italianos dos EUA.

Trump também prometeu reinstituir o banimento na entrada de cidadãos de certos países, instituído originalmente por ele em seu primeiro mandato e revogado pelo presidente Joe Biden.

Todos Direitos Reservados. Conteúdo originalmente publicado no portal Direto da América (C) em www.DiretoDaAmerica.us

LEIA TAMBÉM

Leia também