Califórnia quer pagar viagem, hospedagem e procedimento para mulheres de todo o país abortarem no estado

Califórnia revela plano para se tornar um “santuário” para aborto se a Suprema Corte derrubar Roe v. Wade. A proposta incluiria o pagamento de viagens, hospedagem e procedimentos para pessoas de outros estados que desejam fazer um aborto no estado.

O ‘Conselho do Futuro do Aborto da Califórnia’, formado por mais de 40 provedores de aborto e grupos de defesa da prática, além de legisladores, divulgou na quarta-feira uma lista de 45 recomendações para que a Califórnia considere caso a Suprema Corte dos EUA anule a decisão de 48 anos que impede os estados de proibir aborto.

O governador democrata Gavin Newsom promete tornar a Califórnia um “estado de liberdade reprodutiva”.


As recomendações incluem possivelmente o pagamento de viagens, hospedagem e procedimentos para pessoas de outros estados.

“Seremos um santuário”, diz Gavin Newsom.

ÚLTIMAS