ASSUNTO:

SENADO DOS EUA

Senado dos EUA aprova banimento do TikTok em dispositivos governamentais

O Senado dos EUA votou na quarta-feira, 14 de dezembro, pelo banimento aplicativo chinês TikTok de todos os dispositivos governamentais em âmbito federal; proposta precisa ainda passar pela Câmara e ser assinada pelo presidente Joe Biden.​

Senadora Kyrsten Sinema deixa o Partido Democrata

A senadora Kyrsten Sinema, do Arizona, anunciou em artigo no jornal Arizona Republic de sexta-feira, 9 de dezembro, que saiu do Partido Democrata e se registrou como Independente.

Russos fogem de barco para o Alasca em busca de refúgio

A senadora Lisa Murkowski e e o senador Dan Sullivan, ambos do Alasca, divulgaram na quinta-feira, 6 de outubro, as seguintes declarações após dois cidadãos russos desembarcaram em uma praia perto de Gambell, localizada na ponta noroeste de St. Lawrence Island, no Alasca, pedindo por asilo nos Estados Unidos.

Senador republicado deve renunciar após midterm

O Senador republicano de Nebraska Ben Sasse deve renunciar ao cargo e assumir o cargo de presidente da Universidade da Flórida, segundo informações divulgadas na tarde de quinta-feira, 6 de outubro, por múltiplas fontes.

Em meio à inflação histórica, democratas aprovam pacote de US$ 750 bi em aumento de impostos, meio ambiente e saúde

Na tarde de domingo, 8 de agosto, o Senado dos EUA aprovou o projeto de US$ 750 bilhões em mudanças climáticas, saúde e em aumento de impostos no que deve ser a última grande vitória da administração Biden antes das eleições de meio de mandato em novembro deste ano.

Relatório identifica influência da China no Fed americano

Um relatório divulgado na terça-feira, 26 de julho, por senador revela que a China mirou o Federal Reserve por quase 10 anos, trabalhando para recrutar e influenciar funcionários para obter informações e benefícios monetários além de influenciar a política monetária dos EUA.

Senado aprova projeto bipartidário sobre armas de fogo

Senadores aprovaram nova legislação bipartidária sobre armas de fogo na noite de quinta-feira, 23 de junho com 65 votos favoráveis e 33 contrários, rompendo o filibuster, mecanismo de obstrução do Senado que exige ao menos 60 votos favoráveis para que uma legislação seja aprovada.

ÚLTIMAS